.

.

07 outubro 2013

Eleições Autárquicas 2013 - Resultados

Agradecendo a todos os que participaram nas listas e na campanha da CDU Salvaterra de Magos, assim como a todos os eleitores que confiaram o seu voto à Coligação Democrática Unitária no passado dia 29 de Setembro, registamos que:

Câmara Municipal: variação 2013-2009
O resultado obtido pela CDU na eleição para a Câmara Municipal registou uma subida de um ponto percentual relativamente a 2009, o que permitiu a obtenção de 1 mandato, recuperando-se desta forma o vereador perdido há quatro anos, não obstante a ligeira descida no número total de votantes na coligação PCP-PEV, algo a que não é certamente alheia a estrondosa subida da abstenção que se cifrou em mais de nove pontos percentuais, número preocupantes e merecedores de reflexão por parte de todas as forças políticas participantes neste acto eleitoral. A emigração e os "eleitores-fantasma" não explicam tudo. Em termos absolutos a CDU foi a força política tradicional menos prejudicada pela abstenção voltando a ser a terceira força no concelho. O PS volta, dezasseis anos depois, a liderar a autarquia, graças à derrocada do BE que perdeu cerca de metade da votação. Por 14 votos apenas o PS conseguiu eleger o terceiro vereador em detrimento da lista de "independentes" que, desta forma, não logrou alcançar representação no executivo municipal.   

Assembleia Municipal: variação 2013-2009
O aumento de 0,7 pontos percentuais relativamente a 2009 permitiu à CDU a eleição de um terceiro deputado municipal. O PS foi a força política mais votada passando de 7 para 8 eleitos, ao passo que o BE perdeu 3 mandatos. A coligação de direita e a lista de "independentes" obtiveram 2 mandatos cada.

União de Freguesias de Salvaterra de Magos e Foros de Salvaterra 2013
Junta de Freguesia de Salvaterra de Magos 2009
Junta de Freguesia de Foros de Salvaterra 2009
Mediante a reorganização administrativa do quadro de freguesias não é possível uma análise rigorosa e coerente relativamente às freguesias abrangidas por essa situação. É o caso das freguesias de Salvaterra de Magos (onde a CDU detinha 1 eleito) e Foros de Salvaterra (onde a CDU não tinha qualquer eleito). Os resultados do passado dia 29 de Setembro ditaram que a coligação PCP-PEV obteve 1 mandato na nova União de Freguesias e uma votação a tocar os 10 %. O balanço pode-se considerar positivo pois onde a CDU tinha 1 em 18 eleitos passa a ter agora 1 em 13. O PS venceu a nova União de Freguesias com maioria relativa.

União de Freguesias de Glória do Ribatejo e Granho 2013
Junta de Freguesia de Glória do Ribatejo 2009
Junta de Freguesia do Granho 2009
Situação idêntica à anterior relativamente às freguesias de Glória do Ribatejo (onde a CDU detinha 1 eleito) e de Granho (sem qualquer eleito). Na nova União de Freguesias a CDU é a segunda força política elegendo 3 representantes para a Assembleia de Freguesia. Uma forte subida pois onde tinha 1 em 16 eleitos passa a ter 3 em 9 eleitos. O PS venceu sem maioria absoluta.

Junta de Freguesia de Marinhais: variação 2013-2009
Significativo o facto de a CDU voltar a ter um eleito na Assembleia de Freguesia de Marinhais. O PS manteve a liderança da Junta de Freguesia, novamente sem maioria absoluta.

Junta de Freguesia de Muge: variação 2013-2009
A CDU registou uma subida na votação para a Assembleia de Freguesia de Muge, afirmando-se como a segunda força política e conquistando mais um mandato relativamente a 2009. O PS manteve a presidência da Junta de Freguesia.

Concluindo, a CDU volta a ter representação no executivo camarário, conquista mais um deputado municipal e reforça significativamente as suas posições nas várias Assembleias de Freguesia. Em termos globais passa de 6 eleitos para 2009 para 12 eleitos em 2013. Uma subida considerável que é motivo de responsabilidades e expectativas acrescidas para com os eleitores e as populações do concelho.


Uma vez mais a CDU Salvaterra de Magos saúda os membros integrantes nas suas listas, os activistas, apoiantes e eleitores da CDU, e pedimos que ao longo do próximo mandato não deixem de questionar, propor, sugerir, expor aos eleitos da CDU os seus problemas, críticas e sugestões nos diversos órgãos autárquicos.

Informações detalhadas sobre os resultados: 

1 comentário: