.

.

06 julho 2011

Intervenção dos deputados da CDU na Assembleia Municipal

Na intervenção feita pelos deputados municipais da CDU na passada Assembleia Municipal de 29 de Junho de 2011, foram abordadas as seguintes questões:



O Deputado da CDU José Domingos dos Santos pediu esclarecimentos sobre a pavimentação da Rua de Muge e Rua de Coruche em Glória do Ribatejo em véspera de eleições sem que tenham sido feitos os procedimentos legais exigidos do concurso e adjudicação da obra. Sobre esta matéria que por se encontrar vinculada a confidencialidade no âmbito de uma Inspecção recente da IGAL não pode ter resposta por parte da Senhora Presidente de Câmara. O Deputado questionou também a Presidente sobre a renuncia ao mandato do Vereador e Vice-Presidente Cèsar Peixe, se o mesmo tinha renunciado ao mandato ou afastado por divergências pessoais com a Senhora Presidente. A esta questão a versão da Câmara Municipal, segundo o seu site, diz que, tratou-se apenas de razões exclusivamente pessoais. Não sendo caso virgem estas renuncias ao mandato por parte de diversos vereadores ao longo dos mandatos BE, o Deputado da CDU deixou as suas reticências quanto ás razões efectivas da demissão do Vereador César Peixe.

O Deputado da CDU Alexandre Fonseca, começou a sua intervenção por relembrar as suas sugestões na ultima Assembleia Municipal, realizada no Granho, em que alertou para o perigo das condições do Parque Infantil de Muge (post 2/5/2011), e pediu esclarecimentos em relação á responsabilidade da fiscalização dos mesmos, frisando que se estes alertas feitos fossem tidos em conta pela Câmara Municipal e pela Junta de Freguesia de Muge ter-se-ia evitado o acidente que entretanto ocorreu com uma criança neste mesmo Parque Infantil. O Deputado da CDU, questionou a Presidente sobre a não realização da Semana da Juventude este ano, pediu um relatório/balanço das actividades do Gabinete da Juventude, e perguntou para que fosse feita uma análise ao custo/beneficio em relação ao Complexo Desportivo Municipal de Marinhais para a população e colectividades de todo concelho, uma vez que o mesmo apenas tem sido utilizado pela população da freguesia de Marinhais, e que, aquando da sua construção visava servir todo o concelho. Perguntou ainda como estava o processo do Sintético do Salvaterrense. A Senhora Presidente deixou sem resposta o Deputado da CDU em relação ao Balanço de Actividades do Gabinete da Juventude, não deixando no entanto de frisar que a não realização da Semana da Juventude se deveu aos cortes no Orçamento de Estado, optando assim por manter os Apoios sociais aos Idosos (?) e á população mais carenciada (?). Referiu que o Complexo Municipal tinha sido pedido para ser utilizado pelo G.D. Forense. Mais disse que o sintético de Salvaterra aguardava por decisões em AG da Santa Casa da Misericórdia e após essas decisões a Câmara avançará com o projecto.

Sem comentários:

Enviar um comentário